Malaria Consortium

Vaga para Agentes De Vigilância – Digitadores


A Malaria Consortium pretende recrutar para o seu quadro de pessoal três (3) Agentes de Vigilância/Digitadores.

Contexto Organizacional

Criada em 2003, a Malaria Consortium é uma das principais organizações sem fins lucrativos do mundo, especializada na prevenção, controlo e tratamento da malária e outras doenças transmissíveis entre populações vulneráveis e desfavorecidas. Cada vez mais consideramos que o nosso trabalho sobre a malária pode ser efectivamente integrado com outras intervenções de saúde pública semelhantes para um maior impacto e, por conseguinte, alargámos as nossas competências para incluir a saúde infantil e intervenções negligenciadas sobre doenças tropicais. Trabalhamos em África e na Ásia com comunidades, em parceria com entidades governamentais, instituições acadêmicas e organizações locais e internacionais, para assegurar a prestação eficaz de serviços, que são apoiados por fortes evidências. Nossas áreas de especialização incluem: prevenção de doenças, diagnóstico e tratamento, controlo e eliminação de doenças, reforço de sistemas, investigação, acompanhamento e avaliação conducentes às melhores práticas, comunicação de mudança de comportamento, advocacia nacional e internacional e desenvolvimento de políticas País e contextualização do projecto. A Malaria Consortium Moçambique possui escritórios operacionais, localizados em Maputo (Sede), Inhambane, Sofala, Manica, Nampula e Niassa, com projetos alocados. Tais projectos são o BMGF e o SMC, sendo que o BMGF actua nas restantes províncias e o SMC, somente em Nampula. As várias Updated: 23/06/2020 Page 2 of 4 actividades dos projectos vão desde o apoio técnico a nível nacional até à implementação directa de programas de controlo da malária e doenças tropicais negligenciadas. Sob a liderança do Programa Nacional de Controle da Malária (PNCM), a Malaria Consortium e parceiros, o projecto BMGF é o projecto que visa o fortalecimento do Sistema de Vigilância de malária em Moçambique, ou seja, a operacionalização de um sistema funcional de vigilância da malária que atenda a todos os estratos de transmissão, fortalecendo a qualidade de dados e estabelecendo uma cultura de Uso de dados e Dados-para-Acção.

Objectivos da actividade de Consultoria

  •  O Agente de Vigilância/Digitador, é um Consultor e estará sob a supervisão directa do Epidemiologista e contará com apoio técnico do Especialista de Monitoria & Avaliação (M&A);
  • Irá garantir a digitação completa e correcta dos dados na base de dados;
  • Irá garantir a disponibilidade de cópias de todos resumos mensais com qualidade, dos programas implementados pela Unidade Sanitária e indicadores que não são reportados pelo Sistema de Informação para Saúde;
  • Fortificar a ligação entre a digitação, registo e o NED, orientando todos os intervenientes, de modo que seja funcional mesmo com a sua ausência;
  • Coordenar o Fluxograma dos processos clínicos desde o registo, consulta e seu arquivo;
  • Para além das tarefas atrás mencionadas, realiza outras tarefas conexas relativas ao bom desempenho dos serviços, devendo conservar em boas condições os bens e equipamentos de trabalho que lhe forem confiados, considerando-se parte integrante da actividade a prestar e todas as tarefas necessárias à prossecução dos objectivos que a determinam, compreendendo
    nestas as funções que lhe sejam afins ou funcionalmente ligadas, para as quais o trabalhador detenha qualificação adequada.

Requisitos

  • Possuir Nível Médio Geral ou equivalência;
  • Comunicação verbal e escrita adequada e clara;
  • Idade compreendida entre 18 a 45 anos;
  • Facilidade de comunicação e bom relacionamento interpessoal;
  • Conhecimentos e habilidades de digitação nos seguintes pacotes: Word, Excel, Microsoft Access e Internet;
  • Responsabilidade, sentido de organização e dinamismo;
  • Ética e deontologia professional;
  • Disponibilidade de trabalhar fora das horas normais de expediente quando necessário;
  • Capacidade para trabalhar sob pressão, em equipa e tolerância ao stress;
  • Disponibilidade para trabalhos de campo;
  • Fluência na língua portuguesa falada, escrita, leitura e interpretação de relatórios e conhecimento dos bairros da Cidade de Maputo será uma vantagem.

Exigências

  • Carta de Candidatura;
  • Curriculum Vitae (actualizado).

Processo de Candidatura

Email: hr.mozambique@malariaconsortium.org

Validade: 28/05/2021

Local: Maputo

Níveis:

Regime: Temporário