Vaga para Gestor de Monitoria e Avaliação

Descrição da Vaga

A ORPHAD-Organização para Promoção da Paz e Desenvolvimento Humanitário pretende recrutar um Gestor de Monitoria e Avaliação para Nampula.

Principais Objectivos:

  • Fortalecer os sistemas de monitoria e avaliação, assegurando o desenvolvimento de mecanismos, ferramentas e indicadores apropriados para o seguimento dos programas/projectos, baseado no conhecimento organizacional em conformidade com o marco de resultados institucional;
  • Apoiar os programas e outras funções a implementar os sistemas de monitoria e avaliação, incluindo a documentação das realizações e construção de processos de aprendizagem;
  •  O (A) Oficial de Monitoria e Avaliação vai reportar à Coordenadora Regional Norte (Nampula, Niassa e Cabo Delgado) e Alto-Molocué na Zambézia e irá trabalhar em colaboração com outras funções e programas da organização.
  • Responsabilidades Chave:
  • Garantir que documentação da informação esteja de acordo com as políticas, procedimentos, regulamentos da ORPHAD e dos doadores;
  • Assegurar que os sistemas de monitoria e avaliação a serem desenvolvidos facilitem o seguimento dos programas/projectos;
  • Desenvolver acções consistentes para a monitoria dos programas/projectos e a avaliação pratica sobre o desenvolvimento das actividades incluindo a elaboração dos respectivos relatórios.
  • Desenhar planos de Monitoria e avaliação que sejam consistentes com a implementação das actividades incluindo o desempenho dos parceiros;
  • Garantir a implementação dos planos trienais e planos operacionais anuais, através dos mecanismos de M&A e quadro de resultados da ORPHAD;
  • Assegurar a documentação de toda informação relativa a monitoria e avaliação incluindo a elaboração dos respectivos relatórios de implementação;
  • Apoiar na concepção de novos projectos, definindo novos indicadores, ferramentas e instrumentos para a monitoria e avaliação;
  • Apoiar na elaboração e desenvolvimento de relatórios narrativos de qualidade, casos e histórias de sucesso, documentação e partilha de boas práticas;
  • Capacitar pessoal da ORPHAD e parceiros de implementação (responsáveis por funções programática) sobre Monitoria e Avaliação, documentação e partilha de informação;
  • Desenhar e implementar acções para garantir a qualidade dos dados. Conduzir avaliações e auditorias da qualidade dos dados assegurar a revisão, limpeza e validação dos dados recolhidos, e manter um registo de todas as revisões efectuadas;
  • Analisar a possibilidade de avaliação dos projectos do programa nacional e fazer sugestões à equipa de concepção para a melhoria da possibilidade de avaliação dos projectos formulados;
  • Conceber instrumentos de recolha, análise e divulgação de informação para que seja possível observar e monitorizar os resultados dos projectos a curto, médio e longo prazo;
  • Desenhar e/ou validar técnicas e ferramentas de recolha de dados utilizadas no programa nacional;
  • Propiciar a avaliação, sistematização e esforços de aprendizagem com pessoal de implementação de projectos e pessoas externas, facilitando a replicabilidade e a escalabilidade;
  • Desenvolver, juntamente com a equipa de implementação do projecto, os termos de referência para as avaliações a realizar, assegurando que cumprem as normas e abordagens de qualidade institucional e, quando apropriado, os requisitos do financiador, e que contribuem sempre para a geração de provas;
  • Prestar aconselhamento técnico e apoio, quando necessário, à equipa de coordenação da ORPHAD na criação e desenvolvimento de sistemas, metodologias e ferramentas institucionais de monitorização e avaliação;
  • Desenvolver materiais de divulgação e manuais de formação e implementar um plano de formação interna;
  • Proteger a integridade da documentação dos programas/projectos durante os processos de implementação, aprendizagem, elaboração de relatórios dos projectos regulares e dos co- financiados.
  • Assegura que o género e a inclusão são abordados em todas as acções.

Requisitos Chaves:

  • Licenciatura em estatística, comunicações, gestão, administração de empresas, e áreas afins;
  • Mínimo de 05 anos de experiência de trabalho comprovado na monitoria e avaliação de projectos/programas de curto/longo prazo, incluindo a elaboração de relatórios;
  • Experiência na concepção e aplicação de instrumentos de investigação social, tanto quantitativos como qualitativos,
  • Experiência comprovada com inquéritos, metodologias de amostragem, recolha de dados, gestão de dados, desenvolvimento de sínteses, análise de dados e elaboração de relatórios;
  • A sua experiência no tratamento de bases de dados, programas de análise qualitativa, ferramentas de análise e visualização de dados (AWONA INFO, Tableu e power BI); a utilização de ferramentas como AWONA COLECT é valiosa.
  • Experiência demonstrada no desenvolvimento de projectos para angariação de fundos de preferência no sector das ONG;
  • Domínio de aplicação prática de abordagens de desenvolvimento participativo, ferramentas de monitoria e avaliação;
  • Capacidade de realizar tarefas complexas, trabalhar de forma independente e tomar iniciativas;
  • Boa experiência na capacitação de pessoal e parceiros em M&A;
  • Capacidade de redacção de relatórios na língua portuguesa e de documentação de informação relevante;
  • Boa comunicação e conhecimentos informáticos.
  • Forte orientação para os resultados, e com a capacidade para desafiar preconceitos bem definidos;
  • Habilidade de comunicação verbal em língua nacional oficial, inglês e local, “Emakhuwa”.
  • Competências organizativas e de gestão de várias tarefas em simultâneo.

Como se candidatar?

Caso tenha as habilidades e atributos adequados, envie a sua candidatura e CV, através do E-mail: rh@orphad.org.mz com cc orgphad@gmail.com indicando o assunto “A vaga que concorre e o local para onde pretende trabalhar”.

DATA LIMITE DE CANDIDATURA: 13 de Maio de 2022.

Indique a fonte da vaga na sua candidatura.

Somente os candidatos selecionados para entrevista serão contactados no prazo de duas semanas após a data de encerramento das candidaturas.

Encoraja-se a candidatura de Mulheres.