Vaga para Jornalista/Oficial de Comunicação Estagiário

Descrição da Vaga

A ORPHAD-Organização para Promoção da Paz e Desenvolvimento Humanitário pretende recrutar um Jornalista/Oficial de Comunicação Estagiário  para Nampula.

Principais Objectivos:

  • Assessorar a Direcção da ORPHAD na produção de conteúdos voltados para selecções de acontecimentos factuais sobre as acções da ORPHAD, bem como pela estruturação e disponibilização de informações que atendam a necessidades e interesses sociais;
  • Gerir imprensa e a divulgação em massa media de qualquer natureza, impressa, social, televisiva, radiofónica etc a informação ou conteúdos da ORPHAD e seus parceiros;
  • Exercício da tradução social dos fenômenos contemporâneos e disseminação de conhecimento sobre a actualidade de modo a qualificar o senso comum.

Responsabilidades Chave:

  • Produção de informação e conhecimento para a cidadania;
  • Informar, interpretar, opinar, explicar, contextualizar, traduzir, seleccionar, hierarquizar e organizar os factos das actividades da ORPHAD para relatar o real e instrumentalizar o cidadão a entender seu contexto sócio-político e econômico;
  • Gereir as plataformas de comunicação e informação da ORPHAD e seus parceiros;
  • Gerir os conteúdos textuais, imagens e videos documentando as acções da ORPHAD;
  • Gerir imprensa e a divulgação em massa de qualquer natureza, impressa, social, televisiva, radiofónica etc a informação ou conteúdos da ORPHAD e seus parceiros;
  • Gerir a audiência dos beneficiários e apoiantes/seguidores dos serviços da ORPHAD.
  • Constituir-se como um mediador de sentidos que dê vazão às múltiplas visões da ORPHAD;
  • apurar informações em diferentes áreas do conhecimento e redigi-las com domínio do idioma;
  • Conduzir entrevistas que se configurem num processo dialógico de comunicação;
  • Objectivar não a simples notícia do facto, mas a compreensão do jornalismo como construtor de realidades;
  • Manter curiosidade intelectual e autocrítica permanente;
  • Adequar o texto jornalístico a públicos amplos e específicos, percebendo as nuances que configuram as diversas linguagens, de acordo com a realidade de cada camada da população;
  • Dominar a linguagem jornalística para as diferentes mídias e segmentos sociais;
  • Ser capaz de elaborar críticas à mídia e de propor alternativas inovadoras;
  • Compreender os mecanismos envolvidos no processo de recepção das mensagens e seu impacto sobre os diversos sectores da sociedade, aperfeiçoando o trabalho de edição de informações jornalísticas;
  • Ser exigente na busca da verdade, com postura ética e compromisso com a cidadania.
  • Planificação e gestão das actividades de e desenvolvimento de jornalismo;
  • Moderação de diálogos e debates comunitários de discussão, palestras, seminários e workshops sobre a participação de jovens, mulheres e raparigas na vida social, económica e política a nível local.

Requisitos Chaves:

  • Licenciatura em jornalismo, comunicação e áreas afins;
  • Mínimo de 02 anos de experiência de trabalho comprovado em comunicação;
  • Domínio de gestão de imprensa e redes sociais;
  • Experiência comprovada com inquéritos, metodologias de amostragem, recolha de dados, gestão de dados, desenvolvimento de sínteses, análise de dados e elaboração de relatórios jornalísticos;
  • Domínio de aplicação prática de abordagens de desenvolvimento participativo, ferramentas de jornalismo;
  • Capacidade de realizar tarefas complexas, trabalhar de forma independente e tomar iniciativas;
  • Capacidade de redacção de relatórios na língua portuguesa e de documentação de informação relevante;
  • Boa comunicação e conhecimentos informáticos.
  • Forte orientação para os resultados, e com a capacidade para desafiar preconceitos bem definidos;
  • Habilidade de comunicação verbal em língua nacional oficial, inglês e local, “Emakhuwa”.
  • Competências organizativas e de gestão de várias tarefas em simultâneo e sob pressão
  • Disponibilidade imediata.

Como se candidatar?

Caso tenha as habilidades e atributos adequados, envie a sua candidatura e CV, através do E-mail: rh@orphad.org.mz com cc orgphad@gmail.com indicando o assunto “A vaga que concorre e o local para onde pretende trabalhar”.

DATA LIMITE DE CANDIDATURA: 14 de Maio de 2022.

Indique a fonte da vaga na sua candidatura.

Somente os candidatos selecionados para entrevista serão contactados no prazo de duas semanas após a data de encerramento das candidaturas.

Encoraja-se a candidatura de Mulheres